Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Venha ser alguém, na vida de alguém!


"O que se faz agora com as crianças é o que elas farão depois com a sociedade." (Karl Mannheim)


Foto tirada do Site da Ong

“Já pensou em tornar inesquecível o dia para mais de 2.700 crianças carentes, e ainda poder se divertir durante o dia todo no parque de diversões Hopi Hari? Faça parte do Dia de Sonho da ONG Sonhar Acordado e faça deste dia realidade.” ( Campanha da Ong Sonhar Acordado – São Paulo.)
Desde 2007 o Dia do Sonho é uma das maiores realizações para as crianças e para os voluntariados da Ong.
O que é o Dia de Sonho?
O Dia de Sonho é um evento mágico que acontecerá no Hopi Hari no dia 15 de maio para 2.700 crianças carentes das cidades de São Paulo, Campinas e Jundiaí. Durante todo o domingo as crianças carentes e os jovens voluntários poderão se divertir nos brinquedos do parque de diversões, criando um momento de diversão, fantasia e esperança.
O papel do voluntário:
Foto tirada do Site da Ong
O jovem voluntário é responsável por se divertir, passar valores e acompanhar até 2 crianças durante todo o dia, auxiliando-a no que for necessário e estabelecendo uma verdadeira relação de amizade. Os voluntários devem ter entre 15 e 30 anos, idade estabelecida para a criação de um ambiente jovem e maior proximidade com as crianças. 


Foto tirada do Google

“Nunca faça tudo;      
          mas sempre faça tudo o que puder;
Que seja um conselho em uma hora difícil;
Que seja um abraço em uma hora de alegria;
ou apenas como mero ato de respeito;
Que seja um carinho.

Deixe as diferenças de lado;
TODOS SOMOS IGUAIS, OU PELO MENOS DEVERÍAMOS SER.
Todos choramos por algo, ou pelo menos deveríamos chorar.
Todos lamentam por alguém, ou deveríamos apenas ter alguém.

Ajude;
Pois em um mundo como este, não existe EU e nem VOCÊ;
Não existe MEU, e nem SEU;
Apenas existe NÓS.


Foto tirada do Google representando um Filme

E por mais que o ser humano diga ser o animal mais esperto de todos;
Ele ainda não aprendeu que não importa quanto dinheiro você tem, e sim,
QUANTAS PESSOAS VOCÊ FEZ SORRIR AO LONGO DE SUA VIDA.

Algumas coisas na vida não são nossos pais que ensinarão:
não serão nossos amigos que nos guiarão;
                                                        
Algumas coisas na vida vem de dentro. 
Seja solidário com o próximo, pois o próximo, pode ser VOCÊ.

Por mais que você ache que não;
você pode, você deve, você precisa, pelo menos tentar;
fazer alguma coisa, que possa ajudar alguém.
Para que no fim, você possa dizer : VALEU A PENA!"

Permita que esse ato de solidariedade entre no seu coração,. e deixe que você seja visto como uma figura representativa na vida dessas crianças.
Compartilhe valores, construa pensamentos, demonstre atitudes.
Seja alguém na vida de alguém, ou apenas a faça sorrir.
Se não puder estar presente nesse dia, pelo menos divulgue essa campanha, para que outra pessoa possa ocupar o seu lugar nesse dia especial.

              Eu estarei lá, e você?


Para maiores informações sobre o evento, e sobre a Ong -» Clique AQUI!


Nós estaremos esperando por você.
Foto tirada do Site da Ong



Dica do Dia:

Faça a Diferença.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Vamos investir?

Olá Pessoal,
Desculpe a ausência, é que esses dias eu estava muito ocupada com o trabalho.
Para o Post de hoje eu escolhi um assunto mais econômico. Mas prometo que vou tentar deixar o Post interessante, para quem curte o assunto, e para quem não entende e nunca quis entender sobre INVESTIMENTOS.
Primeiro vou falar da onde surgiu minha fixação por investir.
Me formei em Jornalismo achando interessante a parte de Economia, porem só fui me dar conta mesmo de que, eu podia usar todo esse conhecimento a meu favor quando resolvi fazer outra faculdade, Administração, e me deparei com uma matéria chamada: Matemática Financeira.
Em uma aula de Finanças simples, onde o professor nos chamava de Ignorantes Financeiros resolvi sentar mais perto e prestar atenção nos números que estavam expostos no quadro.
Me chamou atenção quando as palavras “Quer ; Ter ; 20 mil ; Mensal ; em ; 30 anos ; ?.”, saíram da boca dele direto para o meu ouvido.
Eu sou de pensar muito no futuro, e tento me preparar para isso. Tá, não sou aquelas fanáticas, que não vivem o presente. Pelo contrário. Acho que tento me preparar para não cair de padrão de vida nunca.
Por mais que eu queira, não vou por contas, e nem encher esse Blog de números. Esse não é o propósito.  O que tenho a perguntar para vocês é :


“Quanto você gasta por mês sem saber no que gastou?”

Essa foi a primeira pergunta que me fiz quando cheguei em casa pensando na aula que tinha acabado de ter. Nem queiram saber minha resposta. Confesso que quase chorei com ela.
MAS É HORA DE MUDAR!
Abri meu guarda roupa e vi quantos vestidos estavam com a etiqueta a mais de um mês. Corri até o closet e contei quantos sapatos usei uma vez, ou nunca usei. Sem falar em jaquetas, calças, brincos...
Pois bem, fui dormir pensando nisso.
No dia seguinte cheguei no trabalho e vendo as notícias, olhei para uma parte que parecia piscar me chamando, e resolvi ver o que essa tal de “Economia” tinha para me falar no dia.
Foi então que comecei a perceber que eu era mesmo uma Ignorante Financeiramente. Montei planilhas, tirei extratos do banco, tentei ver tudo que eu tinha gastado no mês que fechava. Anotei o que havia me arrependido de ter comprado, e o que havia valido a pena.
Minhas pesquisas foram alem do que eu imaginava, e durante um mês fiquei loucamente querendo investir em tudo. Como minha mãe dizia, eu estava “viciada em investimentos”.
Comecei brincando com o Folha Invest. Já ouviram falar?
Trata-se de um simulador da Bolsa de Valores, onde você inicia com um capital, que eles te fornecem, e você pode investir em tempo real. Esse simulador permite que você aprenda como funciona a bolsa, como avaliar as boas ações, o que esta rendendo mais, como os valores oscilam,  e mais uma série de coisas.
É bom, eu indico. É uma brincadeira legal. Te da uma margem de abertura boa para esse campo. 
No próprio site você encontra explicações para todas as ações que você deve tomar.
Então fica a dica para quem gasta mais do que gostaria em menos do que pensa e precisa.


Dica do Dia:
Pesquise um pouco sobre o assunto, e veja que vale a pena sim!
Faça o Curso Online da Bovespa, e brinque através do Simulador para saber quanto tempo você vai levar para atingir o seu sonho.
Comece com um valor simbólico que você não sinta falta no fim do mês.
Pesquise de início sobre investimentos em Títulos Públicos sem risco de perda.
Não invista em ações de risco sem ter certeza do que esta fazendo.
Procure Clubes de Investimentos. Mas fique ligado com as taxas de corretagem.
Invista através do Site www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto 
 Use o "dinheiro de bala" para ter uma renda futura estável.
Aprenda e veja seu dinheiro se multiplicar.
Cuidado ao arriscar.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Caia nessa rede de desembaraço...

ouviu falar em um doença de pele chamada: Falta de contato físico ?
Hummmmmm?!?! Falta de contato físico é uma doença?
Esses dias estava pronta para dormir quando minha mãe chegou em casa falando que tinha um assunto diferente para eu falar no meu Blog novo.
Ela esta fazendo um curso durante a semana sobre Cabala, e a sua ultima aula era sobre essa tal doença de pele, essa doença na casca como cita seu professor, Ian Mecler.

Naná abraçando desesperadamente Giuliana V.R.
Fiquei com aquilo na cabeça. Nossa como é possível a pessoa chegar a ter doença de pele por falta de carinho? E então fui pesquisar um pouco para poder falar sobre o assunto.
Achei alguns artigos interessantes e então resolvi passar para vocês uma visão básica sobre o assunto.
De acordo com Mecler essa doença na casca é uma energia de mortificação, que vem pela visão limitada. Ele defende que nosso mundo nunca sofrer tanto com isso como sofre hoje em dia. E a única cura é o contato.
Em outro artigo publicado pela Revista VIP, (Quem sabe o valor de um tapinha nas costas?, de Giselle Richardson), encontrei , que o contato físico para os adultos é tão importante quanto o sexo.  O artigo ressalta que  Tocar e ser tocado é uma necessidade *atávica que, se não for atendida, nos leva ao stress e à depressão crônica”.

"A depressão crônica (de longa formação) é uma doença mental que se caracteriza por tristeza mais marcada ou prolongada, perda de interesse por actividades habitualmente sentidas como agradáveis e perda de energia ou cansaço fácil."
Você já parou e pensou como isso faz sentido? Eu parei, e cheguei a seguinte conclusão:
Pense em uma criança pequena chorando. Se ela esta chorando sem um motivo concreto, sem querer algo ao certo. O que à faz parar? O colo da mãe ou de alguém próximo, certo?
No desenvolvimento de um recém nascido, o que o faz reconhecer quem são os pais, sem mesmo entender direito o que é isso ou enxergá-los? O toque.
O que podemos fazer para acalmar uma pessoa que esta chorando ou esta em desespero? Abraça - lá?
E então, não faz sentido?
Voltando para o artigo da Giselle Richardson, ela explica um dos sintomas que as vezes leva os homens a procurar tanto sexo.  A dificuldade de pedir conforto físico, de assumir que precisa de carinho em ocasiões de crises, de problemas.
Achei bem interessante isso. Tanto para as mulheres que, sabendo disso podem começar a ter uma postura diferente referente aos seus companheiros (Já que eles sofrem com a dificuldade de pedir carinho, podemos tomar a frente e oferecer), quanto para os próprios homens, podem reconhecer seu problema e assumir que essa necessidade vem da sua natureza.
Quem sabe assistindo ao vídeo a baixo você não sinta uma enorme vontade de se levantar e abraçar alguém.










Dica do Dia:    
Peça e dê carinho.
Abrace mais.



*Atavismo: Semelhança com os antepassados.

terça-feira, 5 de abril de 2011

What Happens in Vegas...

...stays in Vegas

No Post de hoje vou atender a mais um pedido, e dar uma dica de viagem. Fiquei entre falar sobre o país mais lindo que já fui, e entre a cidade mais louca e alucinante que já imaginei. Então....

WELCOME TO SIN CITY
   
Naná sendo acediada pelos Paparazis
Resolvi como primeira dica de viagem optar pela cidade alucinante, onde com certeza falaria que todos devem visitar pelo menos uma vez na vida.
Diferente de tudo o que eu já tinha visto, cheguei em Las Vegas e os jogos já começaram a me fascinar. Cassinos maravilhosos. Luzes e mais luzes. Limousines de todas as cores e tamanhos.

Aquela cidade no meio de um deserto me dava à imagem de uma cidade do futuro. Lixo no chão? Não vi nenhum. Trabalhadores limpando a rua? Deviam ser invisíveis, já que essa cidade funciona 24hs.
 
Naná e Ayrton B. pelas ruas de Las Vegas
 A Disneylândia para adultos, como retratava o ex-chefe dos cassinos Frank "Lefty" Rosenthal, uma das figuras mais conhecidas de Vegas na década de 1970, traz a ilusão de que o mundo é perfeito e problemas não existem.
Quem já esteve em um Navio talvez entenda a minha descrição para os Resorts: alguns andares de quartos; geralmente um ou dois enormes andares de lojas; mais um andar dedicado a beleza; uma área externa que me lembrava clubes aquáticos; e finalmente um andar inteirinho para a perdição. Jogos, bebidas e festas, jogos, bebidas e festas e para terminar : JOGOS, BEBIDAS E FESTAS!      


Naná e Vivian Z.B. na entrada do Stripper Bar

        Eu diria que deixar de visitar qualquer um desses Resorts é um desperdício, mas também diria que, passar todo o seu tempo disponível da viagem conhecendo as arquiteturas desse mundo encantado, você não estaria desfrutando Vegas.
Então acho que meu conselho seria: conheça metade, curta metade e se puder, volte.
Adorei a jogada de marketing deles para as pessoas se apegarem no jogo. Existem máquinas de caça niqueis pelas ruas. Eles te dão três chances de jogar de graça, se ganhar leva.
Qual é a hora das atrações? Aproximadamente, hum...acho que...hum.... TODA HORA.
Lembra aqueles tais Resorts maravilhosos que comentei a cima? Pois então cada um deles tem um show especial para apresentar, tudo aberto ao publico. Águas dançantes, musical de piratas, show de leões em jaulas de vidros, estátuas falantes, entre outros.  



Um dos maiores atrativos, que ninguém perde, e NÃO pode perder é o Museu de Cera Madame Tussauds. Se você tem o sonho de casar com George Clooney me inveje, eu casei. Quer dançar com Beyonce? Eu dancei. Que tal um beijo em Justin? Uma pose com Johnny Depp de Piratas do Caribe? Já pensou em ser uma coelhinha de Hugh Hefner? Entre muitas outras atrações esse é um lugar onde não existe idade para realizar seus sonhos. 




Nessa cidade onde parece que todo dia é sábado, baladas e bares não tem hora para abrir, e por um único motivo: ELES NUNCA FECHAM.
Estou te deixando louco para sair do Blog e entrar em um site de viagens? Então se prepara com o que tenho para anunciar.

- Las Vegas é um dos mais baratos destinos dos Estados Unidos. The sin city chega a ser 40% menos que Orlando e 30% mais em conta que Nova York.  Bateu o desespero???
Eu recomendo.

E se estiver pensando em ir para o paraíso, me convide. (rsrsrs)





Dicas do Dia:
Se estiver em Las Vegas reserve um dia para visitar o Grand Canyon, ele fica aproximadamente 100km da cidade.
É certo que todos os Resorts são perfeitos, eu fiquei no Treasure Insland, porem na próxima vez ficarei no Caesar palace.
Entrada de Loja da Grife Roberto Cavalli
Las Vegas tem também o encanto das compras. Todas as marcas que amamos podem ser encontradas. Porem minha dica é:  Se tiver oportunidade, ou se for estender a viagem para outros lugares dos Estados Unidos gaste somente para se divertir. Os melhores gastos em Vegas são em comida e acomodações (Custo/Beneficio ótimo). E reserve uma quantia certa para os jogos. 
Observe durante a madrugada os gramados, e escute o barulho de grilos que eles ecoam. Não são grilos de verdade. A projeção da cidade é tão perfeita que existem caixas de som subterrâneas de onde saem sons de natureza para dar um clima especial.
 
Entrada do Hotel Hard Rock Café
 Alugue uma Limousine, um carro conversível ou qualquer um dos seus sonhos. Eles são baratos.
Assista o Filme “Se beber, não case” antes de ir para Vegas, e após voltar de Vegas.
E a última dica, SE BEBER, NÃO CASE.
Nem que o casamenteiro seja o Elvis. (rsrsrs)

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Valorize-se


"Insanidade é continuar a fazer o que você sempre fez, desejando obter resultados diferentes..." (O Monge e o Executivo)

Olá Leitores,
Hoje eu resolvi falar de um assunto que acho muito interessante. Com certeza muitas pessoas acham isso uma babaquice, outras levam suas vidas em base do assunto, algumas acham frescura, e tem as que adoram estudar sobre isso, e assim vai.
AUTO-ESTIMA, AUTO-AJUDA, AUTO-MOTIVAÇÃO, AUTO-CONTROLE , AUTO-AFIRMAÇÃO ...

Figura representando alta Auto-Estima
A minha opinião é : Mesmo que você considera que não precise (Parabéns!), vale a pena já ter lido apenas um livro sobre o assunto em sua vida. Mesmo considerando que não tem dificuldades, ele pode ajudar a resolver mais rápido situações que você considera “complicadas”. Em recente pesquisa realizada pela revista Exame com 30 presidentes de grandes empresas (edição 879), 57% afirmaram ter lido pelo menos um livro nos últimos 12 meses.   
Eu acredito muito, como posso dizer, nessas filosofias de vida. Em que você mesmo pode se ajudar, você mesmo pode se levantar e pode encontrar algo que busca sozinho. Acho que o ser humano é mais auto-suficiente do que ele mesmo pode imaginar.  
O campo de livros de Auto–Ajuda vem crescendo significamente no Brasil. O número de pessoas que vem procurando e estabelecendo uma crença baseada em ensinamentos fáceis para a solução de problemas causados ao longo da vida é assustadoramente um avanço.
Não deixando ainda o campo de Auto-Ajuda ou Auto-Motivação de lado, vou esticar um pouco esse Post para a febre causada no ano de 2009/2010 com o ainda praticado e amado “The Secret”.  (O segredo do pensamento positivo.)
Você nunca ouviu falar sobre o milagroso “The Secret”?
Você nunca tentou, por um dia se quer, seguir os ensinamentos de “The Secret”?
Você nunca conseguiu realizar um sonho através das leis do "The Secret”?
Logo do Filme "The Secret"
Se em alguma dessas perguntas a sua resposta foi NÃO, eu lamento. Você esta perdendo tempo. Não vou falar a fundo do que se trata, mas garanto que alguma coisa boa você vai encontrar nesse documentário.
Quem ainda não ouviu falar corra até a locadora mais perto de sua casa e alugue o filme. Se você prefere a leitura corra até a livraria mais próxima e procure pelo livro. Com certeza você vai adorar. Se não tiver oportunidade no momento acesse o youtube e veja algum vídeo relacionado.
Com certeza muitas pessoas não acreditam, acham besteira. Mas eu penso que todo mundo tem que ter uma religião, uma crença, uma filosofia, algo que posso se apegar. Algo que você procure em momentos difíceis.
Você pode até não acreditar em determinadas coisas. Você não precisa acreditar em tudo. Você só precisa acreditar pelo menos em UMA coisa.  É essa UMA coisa que vai te dar FORÇAS para BUSCAR algo.É essa UMA coisa que vai te dar CORAGEM para FAZER algo. É essa UMA coisa que vai te dar VONTADE de TER algo. E é essa UMA coisa que vai te dar PRAZER em SER alguém.
Então termino o Post de hoje com uma frase para vocês pensarem.


O que Você Faria se Não Tivesse Medo? (Quem mexeu no meu queijo)






Dica do Dia:
Se  não tem costume de ler livros de Auto-Ajuda, ou nunca os leu, comece pelos mais simples e mais fáceis. Eu indico:
Quem mexeu no meu Queijo”  Spencer Johnson, M.D.
“Tudo ou Nada”   Shinyashiki, Roberto T.
Se já esta acostumado com esse tipo de Leitura eu indico:
O Monge e o Executivo” James C.Hunter
“O Alquimista” Paulo Coelho
E a última dica que deixo para vocês hoje é:
Tenha Foco!  A falta de foco na vida não traz certeza de nada.
E se você não sabe o que quer, eu te pergunto, você realmente quer alguma coisa?





Obs: Pessoal, coloquei uma enquete ao lado, com itens de assuntos para que vocês possam escolher qual o agrada mais. A enquete permite que seja selecionado mais de um assunto. PARTICIPEM!

sexta-feira, 1 de abril de 2011

"Pequenos amáveis"


"Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma." (Pitágoras)

Ontem recebi uma reclamação que o Blog estava muito "totalmente para mulheres" , e me pediram para falar sobre Pássaros ( rsrsrs, engraçado? Também pensei isso na hora) .
Como não sei muita coisa sobre pássaros, ( na verdade não sei nada! ) resolvi estender esse assunto para falar sobre ANIMAIS.

Bella, minha São Bernardo com 4 meses
Pensei em começar com aquela frase bem popular na boca das mulheres , “Quanto mais conheço os homens, mais amo meu cachorro.”, mas quem sugeriu o assunto foi um homem, preferi um título menos agressivo.
Bom, esse é um assunto que talvez seja uma boa hora para ser postado, ou não. Ha exatamente uma semana um dos meus cachorros faleceu. O lado positivo disso? Foi de velhice, então pouco sofreu.
O lado negativo? Acredito que todos os que sobraram.
Esses “pequenos amáveis” integrantes da família nos conquistam de uma forma inexplicável. Fazem com que nosso instinto paternal surja no momento que menos esperamos. Sim, paternal. Pois acreditamos que eles passam a depender da gente, mas na verdade quem passa a depender deles, somos nós.
Eu estou falando de uma dependência diferente. Não me refiro a dependência para continuar a vida, aquela que precise de tratamento,que faça mal, ou que possa nos levar a morte.
Estou falando de uma dependência no dia-a-dia. Aquela necessidade de chegar depois do trabalho e ver aquele rabinho abanando. Ou então de levantar da cama e ouvir pegadinhas vindo atrás de você. Uma dependência até mesmo muda ou imóvel. Mas a necessidade de se comunicar e a certeza da fidelidade. 
Max, em Dezembro de 2010
O Max era um São Bernardo, uma raça que muitos tem vontade de ter, ou pelo menos de ter uma foto com ele.
Já estava com a gente ha muitos anos. E mesmo não o vendo todo dia, pois ele ficava na nossa casa de campo, ele era aquela coisa fofa e mais educada que podia existir. Uma criança em forma de urso. Com certeza ele deixou aquela saudade que nenhum outro poderá substituir.
Passei minha infância indo aos finais de semanas para nossa fazenda. Então nada mais certo que animais seria a minha paixão. Tenho um pai que sempre me apoiou a cada pequeno que eu  trazia da rua para casa. Então tudo ficava mais fácil.
O problema é que sou considerada meio Felícia, sabe?
Uma das história tristes e ao mesmo tempo engraçada que foi da minha segunda coelhinha. Falo segunda por já tive quatro. A primeira foi a Poliana, depois que meu pai montou uma casinha de madeira pra ela com hortinha ela fugiu. A segunda foi a Mel, tenho um trauma até hoje. Com a minha mania de higiene, ( outra coisa que com o tempo vou citar muito ) , queria dar banho na coelha todos os dias. Em um dia que estava meio malzinha, juntando o frio e o banho ( =/ ), ela não aguentou.  Fiquei tão mal, que depois de um tempo meu irmão resolveu me dar mais alguns coelhos. No final fiquei com dois só, O Brad e o Ricardo. Lindos. O Brad era praticamente um cachorro. Qualquer pessoa que chegava em casa ele corria para ganhar carinhos. Porem acabaram com o quintal da minha mãe, e ai já sabe né? Bye Bye
Bom, e para terminar o Post deixo dois vídeos. Um do papagaio do meu pai ( um pássaro), o Chicó 2º dançando. E outro que é um vídeo triste, mas com certeza verdadeiro.





Dica do Dia:
Qualquer duvida, denuncia, ou problema procurar os Amigos dos Animais.