Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Caia nessa rede de desembaraço...

ouviu falar em um doença de pele chamada: Falta de contato físico ?
Hummmmmm?!?! Falta de contato físico é uma doença?
Esses dias estava pronta para dormir quando minha mãe chegou em casa falando que tinha um assunto diferente para eu falar no meu Blog novo.
Ela esta fazendo um curso durante a semana sobre Cabala, e a sua ultima aula era sobre essa tal doença de pele, essa doença na casca como cita seu professor, Ian Mecler.

Naná abraçando desesperadamente Giuliana V.R.
Fiquei com aquilo na cabeça. Nossa como é possível a pessoa chegar a ter doença de pele por falta de carinho? E então fui pesquisar um pouco para poder falar sobre o assunto.
Achei alguns artigos interessantes e então resolvi passar para vocês uma visão básica sobre o assunto.
De acordo com Mecler essa doença na casca é uma energia de mortificação, que vem pela visão limitada. Ele defende que nosso mundo nunca sofrer tanto com isso como sofre hoje em dia. E a única cura é o contato.
Em outro artigo publicado pela Revista VIP, (Quem sabe o valor de um tapinha nas costas?, de Giselle Richardson), encontrei , que o contato físico para os adultos é tão importante quanto o sexo.  O artigo ressalta que  Tocar e ser tocado é uma necessidade *atávica que, se não for atendida, nos leva ao stress e à depressão crônica”.

"A depressão crônica (de longa formação) é uma doença mental que se caracteriza por tristeza mais marcada ou prolongada, perda de interesse por actividades habitualmente sentidas como agradáveis e perda de energia ou cansaço fácil."
Você já parou e pensou como isso faz sentido? Eu parei, e cheguei a seguinte conclusão:
Pense em uma criança pequena chorando. Se ela esta chorando sem um motivo concreto, sem querer algo ao certo. O que à faz parar? O colo da mãe ou de alguém próximo, certo?
No desenvolvimento de um recém nascido, o que o faz reconhecer quem são os pais, sem mesmo entender direito o que é isso ou enxergá-los? O toque.
O que podemos fazer para acalmar uma pessoa que esta chorando ou esta em desespero? Abraça - lá?
E então, não faz sentido?
Voltando para o artigo da Giselle Richardson, ela explica um dos sintomas que as vezes leva os homens a procurar tanto sexo.  A dificuldade de pedir conforto físico, de assumir que precisa de carinho em ocasiões de crises, de problemas.
Achei bem interessante isso. Tanto para as mulheres que, sabendo disso podem começar a ter uma postura diferente referente aos seus companheiros (Já que eles sofrem com a dificuldade de pedir carinho, podemos tomar a frente e oferecer), quanto para os próprios homens, podem reconhecer seu problema e assumir que essa necessidade vem da sua natureza.
Quem sabe assistindo ao vídeo a baixo você não sinta uma enorme vontade de se levantar e abraçar alguém.










Dica do Dia:    
Peça e dê carinho.
Abrace mais.



*Atavismo: Semelhança com os antepassados.

7 comentários:

Camilla Motoki disse...

Realmente o Abraco Vale mais do que mil palavras..

Juliana disse...

Concordo plenamente...
Abraço, carinho são coisas fundamentais na vida dos seres humanos. Faz bem, acalma e mtas vezes nos faz perceber sentimentos e afetos especiais... =)

BjOs...

Juh

Vivi disse...

eeeee muito legal seu post hj Ná!!! tá criativa heim?? beijoooooooo e abraços!!

MILENA disse...

Aiiiii, tô precisando tanto de um abraçoooo, prima! Interessante esse post...não sabia que existia essa doença! Beeeijos!

Joyce disse...

O contato realmente é muito muito importante! Tanto que há casos que foram comprovados pela medicina de bebês que estavam na UTI e tiveram contato com as mãe se recuperaram muito mais rápido do que aqueles que não tiveram!

Adorei o post! Beijos

augusto disse...

Boooom Você manda bem e isso eu ja falei, Teus Post's estão cada vez melhores e tirando o tédio de muita gente isso tu pode crer enfim, nazinha voce manja hieahieahiea um beijoo *---* eu gosti, "CARINHO SEMPRE" kkk "que gay" enfim ;x

patricia disse...

eu tbm quero ABRAÇOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO NANINHAAAAAAAAAAAAAAA
LIIINDAAAA